Narcolepsia - Dr. Alexandre César

Narcolepsia

Narcolepsia

O que é Narcolepsia?

A narcolepsia é um distúrbio do sono caracterizado por sonolência excessiva diurna, por vezes com ataques irresistíveis de sono, cataplexia (episódios temporários de fraqueza muscular), paralisia do sono e alucinações, que podem ocorrer ao adormecer ou ao despertar.

Os ataques de sono podem ocorrer várias vezes durante o dia, sem o controle do indivíduo, em qualquer situação. Com frequência, após estes episódios de cochilos os pacientes sentem-se descansados.

 

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico da narcolepsia é feito com base no quadro clínico, polissonografia e teste das múltiplas latências do sono.

A dosagem de uma substância denominada hipocretina no líquido cefalorraquidiano (líquor) e alguns testes genéticos, podem auxiliar o diagnóstico em alguns casos.

 

Como é o tratamento da Narcolepsia?

Os medicamentos usados para tratar a narcolepsia podem ser estimulantes do sistema nervoso central e antidepressivos no caso de cataplexia, se necessário.

O objetivo do tratamento é o controle da sonolência excessiva diurna, principalmente das crises de sono e da cataplexia (perda do tônus muscular), com a administração de medicamentos, permitindo assim que o paciente mantenha suas atividades normais em sua profissão e vida social.

Como medida paralela ao tratamento, recomenda-se alguns cochilos voluntários durante o dia para reduzir a sonolência diurna, de acordo com a necessidade de cada um. Durante o tratamento, não se deve exercer atividades de risco, como dirigir ou executar trabalho que exija atenção contínua.

Dr. Alexandre César

- Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG em 1996.

- Especialista em Cirurgia de Cabeça a Pescoço pelo Instituto do Câncer de Minas Gerais (Hospitais Mário Penna e Luxemburgo).

Conheça mais sobre o Dr. Alexandre